(Português) Estrutura Curricular

Disculpa, pero esta entrada está disponible sólo en Portugués De Brasil. For the sake of viewer convenience, the content is shown below in the alternative language. You may click the link to switch the active language.

DISCIPLINAS PGET 

História da Tradução I 
Ementa: Estudo dos textos e autores mais importantes do pensamento sobre a tradução nos seguintes momentos: a Antiguidade Clássica, a difusão do Cristianismo e a tradução da Bíblia, o Renascimento e os primeiros teóricos, o século XVIII e o século XIX. 

Bibliografia
  Antologia bilíngue de clássicos da teoria da tradução, vols 1 a 4 (Alemão, Francês, Italiano e Renascimento). Florianópolis: NUPLITT.  BAKER, MONA (ed.). Encyclopedia of Translation Studies. London/New York: Routledge, 2001. BALLARD, Michel. De Cicéron à Benjamin - traducteurs, traductions, réflexions. Lille:PUL, 1992. BARNSTONE, Willis. The Poetics of Translation. History, Theory, Practice. London: New Haven, 1993.  BASSNETT, Susan. Estudos de Tradução. Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 2003.Tradução de Vivina Figueiredo.  COPELAND, Rita. Rhetoric, hermeneutics, and translation in the Middle Ages - academic traditions and vernacular texts. Cambridge: University Press, 1991.  DELISLE, Jean & WOODSWORTH, Judith. Os Tradutores na História. São Paulo: Editora Ática, 1998. Tradução de Sérgio Bath.  GARCÍA Yebra, Valentín. Traducción: historia y teoría. Madrid: Gredos, 1994. NOSS, Philip A. A History of Bible Translation. Roma: Edizioni di storia e letteratura, 2007.  RENER, Frederick M. Interpretatio – language and translation from Cicero to Tytler. Amsterdam/Atlanta: Rodopi, 1989.  Periódicos:  Cadernos de Tradução: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/traducao Meta:https://meta.erudit.org/  Tradurre: http://rivistatradurre.it/  Palimpsestes: https://palimpsestes.revues.org/ 
 
História da Tradução II  Ementa: Estudo dos textos e autores mais importantes do pensamento sobre a tradução dos séculos XX e XXI, com ênfase nos desdobramentos da nova disciplina de Estudos de Tradução. Bibliografia
  BALLARD, Michel. De Cicéron à Benjamin - traducteurs, traductions, réflexions. Lille: PUL, 1992.  BASSNETT, Susan. Estudos da Tradução. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2003. Tradução de Vivina de Campos Figueiredo.  BERMAN, Antoine. A tradução e a letra ou o albergue longínquo. Tubarão: Copiart/Florianópolis: PGET, Tradução de Marie-Hélène Torres, Mauri Furlan & Andréia Guerini, 2013.  MUNDAY, Jeremy. Introducing Translation Studies. Theories and Applications. 4a edition. London/New York: Routledge, 2016. OSEKI-Dépré, Inês. De Walter Benjamin à nos jours. Paris: Honoré Champion, 2007.  VENUTI, Lawrence. The Translator's Invisibility: A History of Translation. London: Routledge, 1995. FERREIRA Duarte João; ASSIS Rosa; ALEXANDRA & SERUYA, Teresa (ed). Translation Studies at the Interface of Disciplines. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, 2006.  PYM, Anthony. Method in Translation History. Manchester: St. Jerome, 1998. STEINER, George. Depois de Babel: questões de linguagem e tradução. Curitiba: Editora UFPR, 2005. Tradução de Carlos Alberto Faraco.  WYLER, Lia. Línguas, poetas e bacharéis. Uma crônica da tradução no Brasil. Rio de Janeiro: Rocco, 2003.  Periódicos:  Cadernos de Tradução: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/traducao Meta:https://meta.erudit.org/  Tradurre: http://rivistatradurre.it/  Palimpsestes: https://palimpsestes.revues.org/ 
 
Teorias da Tradução I  Ementa: Conceitos fundamentais das teorias da tradução do século XVI ao século XIX. Impacto da teoria na prática da tradução e da prática na teoria. Estudo do tradutor. Análise do Paratexto e da paratradução. Estudo da teoria da tradução no Brasil e no mundo.  Bibliografia
  Antologia bilíngue de clássicos da teoria da tradução, vol 1 a 4 (Alemão, Francês, Italiano e Renascimento). Florianópolis: NUT-NUPLITT.  BAKER, Mona (ed.). Routledge Encyclopedia of Translation Studies. 3. Ed. London: Routledge, 2011. BARTRINA, Francesca e MILLÁN, Carmen (Ed.) The Routledge Handbook of Translation Studies. London : Routledge, 2012.  BERMAN, Antoine. A Prova do Estrangeiro. Cultura e Tradição na Alemanha Romântica. São Paulo: EDUSC, 2002. Tradução de Maria Emília Pereira Chanut. BERMAN,Antoine. A tradução e a letra ou o albergue longínquo. Tubarão: Copiart/Florianópolis: PGET, 2013. Tradução de Marie-Hélène Torres, Mauri Furlan & Andréia Guerini. LEFEVERE, Andre. Tradução, reescrita e manipulação da fama literária. Bauru: Edusc, 2007. Tradução de Claudia Matos Seligmann.  MESCHONNIC, Henri. Poética do traduzir. São Paulo: Perspectiva, 2010. Tradução de Jerusa Pires Ferreira e Suely Fenerich.  NORD, Christiane. Análise textual em tradução: bases teóricas, métodos e aplicação didática. Tradução de Meta Zipser et alli. São Paulo: Rafael Copetti, 2016.  PYM, Anthony. Exploring Translation Theories. London and New York: London: Routledge, 2010.  PYM, Anthony. On Translator Ethics: Principles for Mediation Between Cultures. Amsterdam: John Benjamins, 2012. VENUTI, Lawrence. Translation Changes Everything: Theory and Practice. London: Routledge, 2012.  Periódicos:  Cadernos de Tradução: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/traducao Meta:https://meta.erudit.org/  Tradurre: http://rivistatradurre.it/ Palimpsestes: https://palimpsestes.revues.org/  
 
Teorias da Tradução II  Ementa: Conceitos fundamentais e abordagens contemporâneas das teorias da tradução (século XX e XXI). Impacto da teoria na prática da tradução e da prática na teoria. Estudo do tradutor. Cultura e tradução. Análise do Paratexto e da paratradução.  Bibliografia
   BARNSTONE, Willis. The Poetics of Translation. History, Theory, Practice. London: New Haven, 1993.  BERMAN, Antoine. A tradução e a letra ou o albergue longínquo. Tubarão: Copiart/Florianópolis: PGET, Tradução de Marie-Hélène Torres, Mauri Furlan & Andréia Guerini, 2013. BERMANN, Sandra e PORTER, Catherine(eds). A Companion to Translation Studies. Oxford: Wiley, Blackwell, 2014  COSTA, Walter Carlos, GUERINI, Andréia; TORRES, Marie-Hélène (orgs.). Ensaios de Literatura & Tradução - textos selecionados de José Lambert. Rio de Janeiro: 7Letras, 2011. FERREIRA Duarte João; ASSIS Rosa; ALEXANDRA & SERUYA, Teresa (ed). Translation Studies at the Interface of Disciplines. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, 2006. GENTZLER, Edwin. Contemporary Translation Theories. 2nd Ed. London & New York: London: Routledge, 2001. HOLMES, James. The name and nature of Translation Studies. In: BROECK, Raymond van den. Translated. Amsterdam/Atlanta: Rodopi, 1972, p. 67–80  SNELL-HORNBY, Mary. Translation Studies: An Integrated Approach. Amsterdam/Philadelphia: John Benjamins, 1988. TOURY, Gideon. Descriptive Translation Studies and Beyond. Revised Edition. Amsterdam: John Benjamins, 2012.  VENUTI, Lawrence (ed). Teaching Translation. Programs, courses, pedagogies. Oson/New York: Routledge, 2017.  Periódicos:  Cadernos de Tradução: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/traducao Meta:https://meta.erudit.org/  Tradurre: http://rivistatradurre.it/  Palimpsestes: https://palimpsestes.revues.org/
 
Crítica da Tradução  Ementa: Estudo e análise de textos traduzidos de vários gêneros, línguas, autores e épocas. Análise das estratégias e soluções de tradução. Ideologia da tradução. Os papéis da sociedade na tradução e da tradução na sociedade. O papel da cultura no tratamento do texto como objeto de estudo e produção da tradução. Tradução como processo e como produto.  Bibliografia
  ARROJO, Rosemary. Oficina de Tradução - Teoria na Prática. São Paulo, 1986. BERMAN, Antoine. Pour une critique des traductions: John Donne. Paris: Gallimard, 1995. BORGES, J. L. “Las versiones homéricas”. In:  ARROJO, Rosemary. Obras completas – 1923-1972. Buenos Aires: Emecé, 1974, p. 239-243. CAMPOS, Haroldo de. “Da tradução como criação e como crítica”. In: ARROJO, Rosemary. Metalinguagem & outras metas – Ensaios de teoria e crítica literária. São Paulo: Perpectiva, 2004, p. 31-48.  ECO, Umberto. Quase a mesma coisa. Experiências de tradução. Rio de Janeiro: Record, 2007. Tradução de Eliana Aguiar.  MESCHONNIC, Henri. Poética do traduzir. São Paulo: Perspectiva, 2010. Tradução de Jerusa Pires Ferreira e Suely Fenerich.  PYM, Anthony. Translation and Text Transfer. An Essay on the Principles of Intercultural Communication. Vienna: Peter Lang, 2010.  PYM, Anthony. Exploring translation theories. New York: Routledge, 2010. SNELL-HORNBY, Mary. Translation Studies. An Integrated. Approach. Amsterdam: John Benjamins Publishing Company, 1988.  VENUTI, Lawrence. “A invisibilidade do tradutor”. Palavra, n. 3. Rio de Janeiro: Grypho, 1995. Tradução de Carolina Alfaro. VENUTI, Lawrence (ed.). Rethinking Translation - Discourse, Subjectivity, Ideology. New York: Routledge, 1995.  Periódicos:  Cadernos de Tradução: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/traducao Meta:https://meta.erudit.org/  Tradurre: http://rivistatradurre.it/  Palimpsestes: https://palimpsestes.revues.org/ 
Tradução Comentada  Ementa: Aplicação de modelos teóricos e de estratégias tradutórias à análise de textos ficcionais e não ficcionais e à prática da tradução comentada e anotada.  Bibliografia
Antologia bilíngue de clássicos da teoria da tradução, vol 1 a 4 (alemão, francês, italiano e renascimento). Florianópolis: NUT-NUPLITT BAKER, Mona (Ed.). Routledge Encyclopedia of Translation Studies. London/New York: Routledge, 2001.  BERMANN, Sandra e PORTER, Catherine(eds). A companion to Translation Studies. Oxford: Wiley, Blackwell, 2014.  FREITAS, Luana Ferreira de, TORRES Marie-Hélène C. e COSTA, Walter (ORG). Literatura traduzida.Tradução comentada e comentários de tradução – Volume 2 Coleção TransLetras. Copiart/Substância: 2017.  GAMBIER, Yves; DOORSLAER, Luc van (ed). Translation Studies Bibliography. 2011. Disponível em: www.benjamins.nl/online/tsb.  KELLY, Louis Gerard. The True Interpreter. A History of Translation Theory and Practice in The West. New York: St. Martin's, 1979. MUNDAY, Jeremy. Introducing Translation Studies. Theories and Applications. 4a edition. London/New York: Routledge, 2016. VENUTI, Lawrence (ed). Teaching Translation. Programs, courses, pedagogies. Oson/New York: Routledge, 2017.                                         Obras escolhidas pelo(a) professor(a) Periódicos:  Cadernos de Tradução: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/traducao Meta:https://meta.erudit.org/  Tradurre: http://rivistatradurre.it/  Palimpsestes: https://palimpsestes.revues.org/ 
 
Tradução e Intermedialidade  Ementa: Tradução e suas relações com as diferentes mídias, envolvendo, entre outras, as relações intermediais entre literatura, teatro, cinema, ópera, quadrinhos, artes (plásticas, visuais, sonoras, gráficas, performáticas), games.  Bibliografia
  BERMANN, Sandra e PORTER, Catherin e(eds). A Companion to Translation Studies. Oxford: Wiley Blackwell, 2014.  BRUHN, Jorgen. The Intermediality of Narrative Literature Medialities Matter. London: Palgrave Macmillan, 2016.  ELLESTRÖM, Lars (ed.). Media Borders, Multimodality, and Intermediality.. London: Palgrave Macmillan, 2010. EMDEN, Christian & RIPPL, Gabriele. ImageScapes: Studies in Intermediality. Oxford & Bern: Peter Lang, 2010.  GLASER, Stephanie A. (ed.). Media inter Media Essays in Honor of Claus Clüver. Amsterdam and New York: Brill/Rodopi, 2009.  MALMKJAER, Kristen & WINDLE, Kevin. The Oxford Handbook of Translation Studies. New York: Oxford University Press, 2012.  MUNDAY, Jeremy. Introducing Translation Studies. Theories and Applications. 4a edition. London/New York: Routledge, 2016. PETHŐ, Ágnes. Cinema and Intermediality: The Passion for the In-Between. Cambridge: Cambridge Scholars Publishing, 2011. RIPPL, Gabriele. Handbook of intermediality: Literature Image Sound Music. Berlin & Boston: De Gruyter Mouton, 2015.  SCHLUMPF, Erin. "Intermediality, Translation, Comparative Literature, and World Literature." CLCWeb: Comparative Literature andCulture 13.3 (2011): http://dx.doi.org/10.7771/1481-4374.1814  Periódicos:  Cadernos de Tradução: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/traducao  Literature and Translation: http://www.euppublishing.com/loi/tal  Meta:   https://meta.erudit.org/  Journal of Visual Culture: http://journals.sagepub.com/home/vcu Performance Research A Journal of the Performing Arts: http://www.tandfonline.com/toc/rprs20/current 
 
Didática da Tradução e da Interpretação  Ementa: Estudo de diferentes abordagens à didática da tradução e da interpretação envolvendo as línguas orais e/ou línguas de sinais. Bases teóricas, pedagógicas e metodológicas da didática da tradução e da interpretação. Desenho curricular, desenho de disciplinas, elaboração de material didático e avaliação no contexto de ensino-aprendizagem. Bibliografia
  ALBRES, N. A.; NASCIMENTO, M. V. B. Currículo, ensino e didática em questão: dimensões da formação de tradutores/intérpretes de língua de sinais. Caderno de Letras (UFPEL), v. 2, p. 221-243, 2014.  DELISLE, J. “Définition, rédaction et utilité des objectifs d’apprentissage en enseignement de la traduction.”In Los estudios de traducción: un reto didáctico, Isabel G. Izquierdo & Joan Verdegal (eds), 13–44. Castellón: Universitat Jaume I, 1998. GILE, D. Basic Concepts and Models for Interpreter and Translator Training. Amsterdam: John Benjamins, 1995. GONZALEZ DAVIES, M. Multiple Voices in the Translation Classroom. Amsterdam:John Benjamins, 2004.  HURTADO ALBIR, A. Enseñar a traducir. Metodología em la formación de traductores e intérpretes. Col. Investigación didáctica. Madrid: Edelsa, 1999.  KELLY, D. A Handbook for Translator Trainers. A Guide to Reflective Practice. Manchester: St Jerome, 2005. KIRALY, D. Pathways to Translation. Pedagogy and Process. Kent, Ohio: Kent State Univer­sity Press, 1995. KIRALY, D. A Social Constructivist Approach to Translator Education. Empowerment: From Theory to Practice. Manchester: St Jerome, 2000.  NORD, C.  Análise textual em tradução: bases teóricas, métodos e aplicação didática. Tradução e adaptação por Meta Elizabeth Zipser.São Paulo: Rafael Copettti Editor, 2016. VIENNE, J. “Towards a pedagogy of ‘Translation in Situation’.” Perspectives 2 (1): 51-59, 1994.  Periódicos:  Cadernos de Tradução: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/traducao  Meta: https://meta.erudit.org/  Tradurre:  http://rivistatradurre.it/  Palimpsestes: https://palimpsestes.revues.org/ 
 
Tradução e Línguas de Sinais  Ementa: Aspectos históricos e teóricos dos Estudos da Tradução na contemporaneidade. Diferentes tipos de tradução. Tradução e modalidade de língua. Tradução e tecnologia. Tradução escrita-escritas de sinais; escrita-sinais, voz-sinais e sinais-sinais. Pesquisas em tradução de Línguas de Sinais. Formação de tradutores de língua de sinais.  Bibliografia
  HURTADO ALBIR, A. Traducción y Traductología: introducción a la Traductología. 8. ed. Madrid: Ediciones Cátedra, 2016.  JAKOBSON, R. “Os aspectos linguísticos da tradução”. In: JAKOBSON, R. Linguística e comunicação. Trad. José Paulo Paes. São Paulo: Cultrix, 2003.  PELUSO, L. Traducción entre español escrito y lengua de señas uruguaya videograbada: un nuevo desafío. Cadernos de Tradução, Florianópolis, v. 35, n. 2, p. 479-504, out. 2015. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/view/2175-7968.2015v35nesp2p479/30722>. Acesso em: 12 abr. 2017.  QUADROS, R. SEGALA, R. Tradução intermodal, intersemiótica e interlinguística de textos escritos em Português para a Libras oral. Cadernos de Tradução, Florianópolis, v. 35, n. 2, 2015, p. 354-386. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/view/2175-7968.2015v35nesp2p354>. Acesso em: 12 abr. 2017  QUADROS, R. M.; SOUZA, S. X. Aspectos da tradução/encenação na Língua de Sinais Brasileira para um ambiente virtual de ensino: práticas tradutórias do curso de Letras-Libras. In: QUADROS, R. M. de. (org). Estudos Surdos III. Petrópolis, Rio de Janeiro: Arara-Azul, 2008: 168-207.  SCHLEDER RIGO, N. Tradução de libras para português de textos acadêmicos: considerações sobre a prática. Cadernos de Tradução, Florianópolis, v. 35, n. 2, p. 458-478, out. 2015. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/view/2175-7968.2015v35nesp2p458>. Acesso em: 09 abr. 2017. SCHÄFFNER, C. (ed.) Translation Research and Interpreting Research: Traditions, Gaps and Synergies. Clevedon, Buffalo and Toronto: Multilingual Matters, 2004. VENUTI, L. (Ed.). The translation studies reader. London and New York: Routledge, 2000. WURM, S. Translation across Modalities: The Practice of Translating Written Text into Recorded Signed Language. An Ethnographic Case Study. 2010. PhD Thesis (Doctor of Philosophy) - Heriot-Watt University, Department of Languages and Intercultural Studies. 2010.
Interpretação e Línguas de Sinais Ementa: Teorias e modelos de interpretação. Diferentes modos de interpretação (simultânea, consecutiva, sussurrada, de diálogo etc.) e suas áreas (conferência, comunitária, médica, educacional etc.). Interpretação intermodal (sinal-voz, voz-sinal) e intramodal (sinal-sinal). Estratégias de interpretação para intérpretes de línguas de sinais. Bibliografia
GILE, D. Testando a hipótese da “corda bamba” do modelo dos esforços na interpretação simultânea – uma contribuição. Tradução de: Markus Johannes Weininger, Giovana Bleyer Ferreira dos Santos, Diego Maurício Barbosa. Cadernos de Tradução, v. 35, n. 2 (2015), p. 590-647. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/article/view/2175-7968.2015v35nesp2p590 LACERDA, C. B. F. de. O intérprete de língua de sinais no contexto de uma sala de aula de alunos ouvintes: problematizando a questão. In: LACERDA, C. B. F.; GÓES, M. C. R. (Orgs.). Surdez: Processo Educativos e Subjetividade. São Paulo: Editora Lovise, 2000. p. 51-84. PAGURA, R. J. A interpretação de conferências no Brasil: história de sua prática profissional e a formação de intérpretes brasileiros. 231 f. Tese de doutorado. São Paulo: USP, 2010. MASUTTI, M.; QUADROS, R. M. Intérpretes de Língua de Sinais: uma política em construção. In: Quadros, R. M. (Org.) Estudos surdos III. Petrópolis: Arara Azul, p.148-167. PÖCHHACKER, F. Introducing interpreting studies. London: Routledge, 2004. QUADROS, R. M. O Tradutor e intérprete de língua brasileira de sinais e língua portuguesa. Programa Nacional de Apoio à Educação de Surdos. Brasília: MEC; SEESP, 2004. QUADROS, R. M.; METZGER, M. Cognitive Control in Intermodal Bilingual Interpreters. In: QUADROS, R. M.; FLEETWOOD, E.; METZGER, M. (Org.) Signed Language Interpreting in Brazil. Washington D.C.: Gallaudet University Press, 2012. p. 43-56 (p. 50/101). RODRIGUES, C. H. A interpretação simultânea entre línguas e modalidades. Veredas atemática. v. 17, n. 2 – 2013, p. 266-286. Disponível em: <http://www.ufjf.br/revistaveredas/files/2014/04/14%C2%BA-ARTIGO.pdf> SELESKOVITCH, D. Interpreting for international conferences. Washington: D.C., Pen and Booth, 1978. WEININGER, M. J.; QUEIROZ, M. Interpretação na área da saúde em Libras-Português: abordagem teórica, retrato da prática e tarefas para o futuro. In: QUADROS, R. M.; WEININGER, M. J. (Orgs.) Estudos da língua brasileira de sinais III.  Florianópolis: Editora Insular: Florianópolis: PGET/UFSC, 2014, p. 161-181.
Métodos de pesquisa em tradução e interpretação de línguas de Sinais Ementa: Introdução a métodos para a realização de pesquisas em Estudos Surdos, com foco específico em tradução e interpretação de línguas de sinais, considerando os debates políticos e filosóficos, especialmente as questões éticas. O processo de realização, publicação e divulgação de pesquisas, desde as fases iniciais de concepção das questões até a formulação do projeto, a escolha de determinados métodos e a análise de dados. Bibliografia
RODRIGUES, C. H. O uso de Protocolos Verbais na investigação do processo de interpretação simultânea do Português para Libras. Veredas ON-LINE – atemática, 2015/2, p.48-70, PPG-LINGUÍSTICA/UFJF. Disponível em: <http://www.ufjf.br/revistaveredas/files/2015/04/4-RODRIGUES.pdf> GONÇALVES, J. L. V. R. Pesquisas empírico-experimentais em tradução: os protocolos verbais. In: PAGANO, A. (Org.) Metodologias de pesquisa em tradução. FALE: UFMG, 2001, p.13-40. HARRIS, R.; HOLMES, H. M.; MERTENS, D. M. Research ethics in sign language communities. Sign Language Studies, 9(2), 2009, p.104-131. [Artigo traduzido para Português]. TEMPLE, B.; YOUNG, A. Qualitative Research and Translation Dilemmas. Qualitative Research, 4, 2004, p.161- 178. STONE, C.; WEST, D. (2012). Translation, representation and the Deaf “voice”. Qualitative Research, 12(6), 2012, p. 645-665. PAGANO, A. (Org.) Metodologias de pesquisa em tradução. FALE: UFMG, 2001. MARCONI, M.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. São Paulo: Editora Atlas, 2003. GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002. REGO, S.; PALÁCIOS, M. (Org.). Comitês de ética em pesquisa: teoria e prática. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2012. NAPIER, J.; HALE, S. Research Methods in Interpreting: A Practical Resource. London: Bloomsbury, 2013. Periódicos: Cadernos de Tradução: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/traducao Meta: https://meta.erudit.org/ Tradurre:  http://rivistatradurre.it/ Palimpsestes: https://palimpsestes.revues.org/
Tópicos Especiais I Ementa: Possibilitar aos docentes locais e visitantes a oferta de tópicos específicos de suas pesquisas individuais e integradas para compartilhar as diferentes perspectivas e metodologias de pesquisa em estudos da tradução. Bibliografia: Seleção a critério de cada professor. Tópicos Especiais II Ementa: Possibilitar aos docentes locais e visitantes a oferta de tópicos específicos de suas pesquisas individuais e integradas para compartilhar as diferentes perspectivas e metodologias de pesquisa em estudos da tradução. Bibliografia: Seleção a critério de cada professor. Tópicos Especiais III Ementa: Possibilitar aos docentes locais e visitantes a oferta de tópicos específicos de suas pesquisas individuais e integradas para compartilhar as diferentes perspectivas e metodologias de pesquisa em estudos da tradução. Bibliografia: Seleção a critério de cada professor.

Seminário em prática da tradução 
Ementa: Tradução de textos para o português ou para a língua estrangeira; aplicação de modelos teóricos e de estratégias de tradução. Bibliografia: Seleção a critério de cada professor. 

Seminário de Pesquisa 
Ementa: Participação do doutorando e/ou mestrando em projetos de núcleos e grupos de pesquisa; seminários dentro de cada linha de pesquisa coordenados pelo professor responsável. 

Oficina de Tradução I 
Ementa: Tradução de textos especializados de diferentes áreas, a fim de que cada participante desenvolva e aprofunde conhecimentos práticos e teóricos na área; análise de traduções. Bibliografia: Seleção a critério de cada professor. 

Oficina de Tradução II 
Ementa: Tradução de textos literários, com reflexões críticas permitindo que cada participante desenvolva e aprofunde conhecimentos práticos e teóricos na área; análise de traduções. Bibliografia: Seleção a critério de cada professor. 

Estágio de Docência I 
Ementa:  Prática de ensino de doutorandos e/ou mestrandos em disciplinas de graduação de professores permanentes de pós-graduação, a fim de possibilitar ao estudante uma experiência da prática didática em disciplinas relacionadas aos  Estudos da Tradução e afins. 

Estágio de Docência II 
Ementa:  Prática de ensino de doutorandos e/ou mestrandos em disciplinas de graduação de professores permanentes de pós-graduação, a fim de possibilitar ao estudante uma experiência da prática didática em disciplinas relacionadas aos  Estudos da Tradução e afins.