Notícias

Aluna selecionada para Résidences en territoire
Marina Bento, doutora em Estudos da Tradução pela Pget, foi selecionada para participar das “Résidences en territoire”, projeto organizado pela ALCA (agence livre, cinéma et audiovisuel) na região Nouvelle-Aquitaine, na França. Como tradutora, ela vai desenvolver, durante dois meses, um projeto de educação artística e cultural com estudantes, além de realizar um projeto pessoal de tradução.
Lançamento de Livro
Lançamento de Livro
Organizado pela Profa. Dra. Marie-Hélène Torres,

“O presente livro coloca em diálogo estudiosos
de diferentes países sob a ótica dos Estudos da
Tradução. O fi o condutor das diferentes entrevistas
apresenta convergências e é um rico material para
os estudiosos de tradução, pois um dos aspectos que
liga os entrevistados é o fato de terem contribuído
para a institucionalização e o fortalecimento dos
Estudos da Tradução”. Andréia Guerini

Livro Finalista do Prêmio Jabuti
Resultado da pesquisa de pós-doutorado de Francisco Degani na Pós-graduação em Estudos da Tradução, sob a supervisão da professora Andréia Guerini, a tradução do livro do italiano Giambattista Basile, O conto dos contos, publicado pela editora Nova Alexandria, de São Paulofoi incluída como finalista do Prêmio Jabuti 2019. Essa tradução foi realizada a partir do texto em napolitano, com apresentação, notas e comentário de Francisco Degani e prefácio de Angela Albanese, da Universidade de Modena e Reggio Emilia e de Verona/Itália.
Professora da PGET/UFSC recebe prêmio da Associação Brasileira de Literatura Comparada

A professora Dirce Waltrick do Amarante, do Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução (PGET) e do Curso de Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), foi a ganhadora do Prêmio Boris Schnaiderman, anunciado pela Associação Brasileira de Literatura Comparada (Abralic) na última segunda-feira, dia 8 de julho. Vencedora na categoria prosa, a professora foi premiada pela tradução do livro Finnegans Wake (por um fio), de James Joyce, fruto de sua pesquisa de pós-doutorado.

Amarante realizou a organização, tradução e posfácio da obra (São Paulo: Iluminuras, 2017, 181 p.). Na categoria poesia da premiação, Letícia Mei sagrou-se vencedora pela tradução do livro Sobre isto, de Vladímir Maiakóvski (São Paulo: Editora 34, 2018, 238 p.).

Ambas as obras foram eleitas por unanimidade pela comissão julgadora da Abralic, constituída pelos professores Luis S. Krausz e Vojislav Aleksandar Jovanovic, da Universidade de São Paulo (USP), Walter Carlos Costa, da Universidade Federal do Ceará (UFC), Eclair Antonio Almeida Filho e Henryk Siewierski (coordenador), da Universidade de Brasília (UnB).

A Abralic

A Associação Brasileira de Literatura Comparada é uma associação civil de caráter cultural, sem fins lucrativos, que congrega professores universitários, pesquisadores e estudiosos de Literatura Comparada em âmbito nacional.

O objetivo principal da entidade é fomentar os estudos comparatistas nos cursos de graduação e pós-graduação em Letras por meio da promoção de seminários, simpósios e cursos destinados ao público acadêmico.

Desde sua fundação, a Abralic mantém publicações especializadas em Literatura Comparada e realiza a divulgação de obras científicas e literárias dessa área de interesse, assim como estimula o intercâmbio cultural com outras entidades congêneres nacionais e de âmbito internacional.

 Professor voluntário do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução (PGET), Berthold Zilly foi premiado com o Zuger Übersetzerpreis

Em Zurique (Suíça), aconteceu a entrega do Zuger Übersetzerpreis, outorgado cada 2 anos a um tradutor/ uma tradutora de qualquer língua para o alemão. Há dois prêmios paralelos, um prêmio principal, que neste
ano foi concedido ao prof. Berthold Zilly, professor voluntário no Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução (UFSC), e um prêmio de reconhecimento, concedido a Christian Hansen. Assim, a América Latina foi premiada também, já Berthold traduz principalmente autores brasileiros, e Christian argentinos.

Lançamento de Livro por Aída Carla Cunha – Egressa da PGET

A versão original de 1740, escrita por Gabrielle de Villeneuve, em uma tradução integral e exclusiva por Aída Carla da Cunha. Ilustração de Ronnie Elder da Cunha. Editora Lilás
 Doutorando da (PGET/UFSC) foi selecionado para atuar como tradutor voluntário da ONU/Unicef
O doutorando Bruno Brandão Daniel, do Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução (PGET/UFSC), foi selecionado para atuar como tradutor voluntário da ONU/Unicef. Entre os inúmeros candidatos,  Bruno foi considerado “um dos melhores”. Bruno fará traduções do francês para o inglês.

Pré-seleção Prêmio Capes de Tese

A Comissão formada pelos professores Andréia Guerini, Karine Simone, Silvana Aguiar dos Santos e Werner Heidermann reuniu-se para selecionar a melhor tese da Pós-graduação em Estudos da Tradução do ano de 2018. Após analisar os dezessete trabalhos defendidos em 2018 e a partir dos critérios do edital nº 6/2019/CAPES, elege como melhor tese a intitulada Traduações, de autoria de Mariana Cristina Hilgert, orientada por Werner Heidermann. Essa tese foi escolhida por sua originalidade, pois soube articular de maneira bastante inovativa poesia, dança, performance e tradução, desembocando nas “traduações”, e por contribuir de maneira interdisciplinar para o desenvolvimento científico, cultural e social da área de Estudos da Tradução, Estudos Literários, Estudos da Performance. O professor Werner Heidermann se absteve da votação final por ser orientador da tese selecionada.

________________________________________________

Human’s Connection Projetc
No concurso de vídeo da Human’s Connection Projetc, a UFSC, representada pela profa. Clélia Mello, do curso de Cinema e do Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução da Instituição, recebeu menção honrosa (criatividade). O vídeo contou com a participação dos professores Márcio Markendorf, José Cláudio Castanheira, ambos da UFSC, e do professor Carlos José Martins da UNESP :
Human Connection Project 2018/2019 é uma parceria entre a Universidade de Havard e as Universidades brasileiras e é coordenado pelos professores:

Prof. PhD Shigehisa Kuriyama – Universidade de Harvard
Profa. Dra. Christine Greiner – PUC-SP

Livros de professores da UFSC ganham o Selo Altamente Recomendável da FNLIJ

É com muita alegria que divulgamos  a premiação do  SELO “ALTAMENTE RECOMENDÁVEL”, DA FUNDAÇÃO NACIONAL DO LIVRO INFANTIL E JUVENIL – FNLIJ para os livros:
1) Poesia (cabe) na escola: por uma educação poética. Organização Eliane Debus, Jilvania Lima dos Santos Bazzo and Nelita Bortolotto. EDUFCG. 208p. ISBN 9788580012293 (Professora do CED/UFSC)
O livro Poesia (cabe) na escola: por uma educação poética, organizado pelas professoras Eliane Debus, Jilvania Lima Bazzo e Nelita Bortolotto, tem a participação de 18 professores-pesquisadores de várias universidades do país, como UNESP, UFSC, UFPR, UFCG, UFF, UTFPR, UCS, e a Universidade do Minho, de Braga – Portugal.
Na apresentação da obra, as organizadoras afirmam: “Esperamos que a leitura de vários capítulos reunidos nesse volume contribua para o fortalecimento de práticas de mediação leitora, as quais sejam capazes de desenvolver a sensibilidade, o pensamento crítico e a capacidade de agir com rigor, beleza e ludicidade no interior da escola” (p. 15).
2) A produção literária de Rogério Andrade Barbosa: da temática africana e afrobrasileira a outros temas. Organização Eliane Debus, Tatiana Valentin Mina Bernardes,,Rosilene Koscianski da Silveira e Arlete de Costa Pereira. Copiart. 256p. ISBN 9788583881025 (Produção resultante das pesquisa do Grupo Literalise (UFSC/Cnpq), liderado por Eliane Debus

Doutoranda da PGET contemplada com bolsa internacional

A doutoranda Daiane Oliveira foi contemplada com uma bolsa da James Joyce International Foundation para participar do Congresso James Joyce Without Borders, na cidade do México. Dos diversos trabalhos apresentados, apenas os quatro melhores (um dos EUA, um da Bélgica, um da Inglaterra e um do Brasil) foram contemplados. Daiane representará o Brasil, a UFSC e a PGET no evento.

https://shoutout.wix.com/so/ebMiLvkTj…

_______________________________________________________________________________

Mulheres que inspiraram em 2018 portal catarina

Roberla Lira, mestranda da PGET (Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução), na lista das 100 mulheres que inspiraram em 2018 feita pelo portal Catarina. Seu trabalho é sobre Tradução e Africanidades.

Acesse a reportagem completa no link: http://catarinas.info/mulheres-que-nos-inspiraram-em-2018/

Professora da PGET Eliane Debus participa de conversa com escritor Mia Couto

A professora da PGET, Eliane Debus, que está na Universidade do Minho/Braga em pós-doutorado, participou no dia 23 de novembro de 2018 de uma roda de conversa com o escritor Mia Couto, em Braga/Portugal. Na ocasião, aconteceu a apresentação do novo livro de Mia Couto e Danuta Wojciechowska, A Água e Águia. Confira algumas fotos:

ABRALIN 50

A Associação Brasileira de Linguística (ABRALIN) completa 50 anos em 2019. Para celebrar a ocasião, a ABRALIN tem a satisfação de anunciar à comunidade acadêmica o evento ABRALIN50, que contemplará o XI Congresso Internacional da ABRALIN, a ser realizado no período de 5 a 9 de maio de 2019, o XXIV Instituto da ABRALIN, a ser realizado no período de 02 a 04 de maio de 2019 e eventos satélites que serão anunciados em breve.

O principal objetivo do XI Congresso Internacional da ABRALIN é discutir temas centrais para a Linguística, viabilizando debates que apontem para encaminhamentos necessários na área frente às transformações do mundo contemporâneo. Seguindo esta orientação, o evento também objetiva promover diálogos propositivos entre a Linguística e outras áreas do conhecimento.

As inscrições para submissão de trabalhos para o evento ABRALIN50 foram prorrogadas até o próximo dia 30 de novembro. É muito importante contar com sua colaboração. Há, no evento, 60 simpósios temáticos e 4 eventos satélites. O objetivo dos simpósios temáticos é promover discussões avançadas sobre os tópicos propostos; por essa razão, incentiva-se a participação de pesquisadores experientes nesses espaços. Os eventos satélites abordam temas variados: sociolinguística, análise do discurso, fonética e fonologia.

Há um simpósio temático ou um evento satélite. Seguem links com lista completa de simpósios temáticos e de eventos satélites: https://www.abralin.org/abralin50/programacao-simposios/https://www.abralin.org/abralin50/programacao-eventos-satelites/. Note que na parte inferior do site há um mecanismo de busca, caso deseje encontrar um termo específico para facilitar a escolha de simpósio temático ou de evento satélite.

XI Seminário de Pesquisas em Andamento (SPA PGET)

 

Iniciou nesta manhã (17/09) o XI Seminário de Pesquisas em Andamento (SPA PGET).

Tivemos a honra de receber a Professora Dr. ª Nora Basurto na conferência de abertura.

 

Prof.ª Dr.ª Nora Basurto na Abertura do XI SPA PGET

 

 

A Programação Completa do evento pode ser conferida, clicando aqui.

 


Comunicado:

Obrigatoriedade da Referência ao Auxílio recebido pela CAPES em qualquer trabalho acadêmico

 

 

A pedido da Reitoria de Pós-Graduação da UFSC, encaminhamos o Oficio nº 331/2018-CECOL/GAB/PR/CAPES e a Portaria CAPES 206/2018, cujo objetivo é garantir que  bolsistas e  todos (as) aqueles (as) que tenham recebido auxílio à pesquisa desta Fundação Pública saibam que devem fazer referência ao apoio recebido da CAPES em seus artigos, dissertações, teses e quaisquer trabalhos produzidos ou publicados, em qualquer mídia, em quaisquer línguas, que decorram de atividades financiadas, integral ou parcialmente, por este órgão público federal.

 

Oficio nº 331/2018-CECOL/GAB/PR/CAPES: Clique aqui

Portaria CAPES 206/2018: Clique aqui

 


PGET disponibiliza vídeo da Primeira Aula Magna do Programa

 

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução tem a honra de disponibilizar a Primeira Aula Magna do Programa, ocorrida em 15/03/2004, no Auditório Henrique Fontes do Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina.

 

 

 “Tradução: um ato desmedido”

 

Boris Schnaiderman (USP)

 

 

Boris Schnaiderman na Primeira Aula Magna da PGET

 

 

Boris Schnaiderman nasceu em Úman, Ucrânia, em 1917, e aos oitos anos emigrou com seus pais para o Brasil. Em 1960, foi contratado pela Universidade de São Paulo, onde deu início ao Curso de Língua e Literatura Russas.

 

Mediação: Prof.ª Dr.ª Marie-Hélène Catherine Torres

 

O vídeo pode ser conferido nos seguintes links: 

 

YouTube PGET:
https://www.youtube.com/watch?v=FWIgGqAKoUk

 

Repositório UFSC:

https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/189844

 


Aprovação do Projeto “Indicadores antrópicos: fatores socioambientais e patrimoniais na tradução de índices de antropização em povos e comunidades amazônicas”

24/09/2018 12:24

Prezados (as) discentes e docentes,

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução tem o prazer de informar a aprovação do projeto “Indicadores antrópicos: fatores socioambientais e patrimoniais na tradução de índices de antropização em povos e comunidades amazônicas”, no âmbito do edital do Programa Nacional de Cooperação Acadêmica na Amazônia (PROCAD/CAPES-Amazônia). Esse projeto nasce da parceria entre a Pós-graduação em Estudos da Tradução da Universidade Federal de Santa Catarina, a Pós-graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia da Universidade Federal do Pará e a Pós-graduação em Ciências Humanas, da Universidade do Estado do Amazonas.

 

 

Pico da Neblina

 

 

O projeto tem por objetivo a produção de índice da presença e transformação humanas, em seus territórios e ambientes, que considere práticas e valores autóctones de povos e comunidades amazônicas na compreensão de sustentabilidade e de bom viver/bem-estar da população regional, em vista de contatos culturais e possíveis impactos socioambientais. Por isso a perspectiva intercultural e interdisciplinar deste projeto, que implica na necessidade de enfoque que releve identidades, patrimônios e hegemonias culturais e suas possíveis (inter) traduções, o que solicita o apoio de disciplinas da antropologia e arqueologia, dos estudos da tradução e interpretação, da narratologia e análise do discurso, das ciências biológicas e ambientais, da computação e ciências da informação. A questão central é: “como os valores e as práticas de povos e comunidades autóctones e alóctones, em contato na Amazônia, podem contribuir para a compreensão da sustentabilidade e para a reversão de impactos socioambientais e culturais gerados por estes encontros?”.

Para tanto, nossa hipótese é que a construção de indicador, e seus índices, produzido a partir de aspectos quali-quantitativos seja a possibilidade de inclusão de variados aspectos das populações amazônicas, estabelecendo-se um indicador intercultural preocupado em demonstrar, explicar e instruir mediante práticas etnográficas e tradutórias, citando, adaptando e anexando textos e sujeitos em ação. Porque a maioria dos indicadores humanos estão pautados em números e estatísticas, como o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), que privilegia dados de educação, longevidade e renda; mesmo os indicadores ambientais nacionais, do Ministério do Meio Ambiente brasileiro, estão preocupados com informações quantificadas: “Indicadores ambientais são estatísticas selecionadas que representam ou resumem alguns aspectos do estado do meio ambiente, dos recursos naturais e de atividades humanas relacionadas” (In: http://www.mma.gov.br/informacoes-am…/indicadores-ambientais).

Essa discrepância entre a efetiva prática de comunidades e os indicadores nacionais, estes por sua natureza abstratos e universais, têm levado a incompreensões do que seja a sustentabilidade e impactos socioambientais, seja do lado nacional, seja do lado local, por isso a necessidade de pesquisa colaborativa entre autóctones e pesquisadores acadêmicos, interagindo-se os conhecimentos científicos e os saberes locais para determinar os fatores humanos, patrimoniais e ambientais relacionados às diversas concepções de antropização, e as ações de exploração, construção e planejamento, que implicam em dois extremos: vulnerabilidade ou sustentabilidade humana e ambiental. Este é um problema complexo e da modernidade, provocado pela globalização e colonização de saberes e práticas, sendo que somente a interdisciplinaridade minimamente poderá dar respostas plausíveis a um caminho de possível solução.

__________________________________________________________

Programação do XI SPA PGET – 17/09/2018 a 20/09/2018

 

Convidamos a todos(as) para participarem na próxima semana do XI SPA/PGET (17/09/2018 a 19/09/2018). 

 

Lembramos que, para ter direito ao certificado de participação, é necessário estar inscrito no evento e assinar pelo menos 5 das 6 listas de presença.
As listas estarão disponíveis na entrada do auditório, conforme o horário da programação em anexo. Não serão gerados certificados avulsos após o evento. 

 

Para estar inscrito, acessar o endereço: inscricoes.ufsc.br/activities/2837/enrolments/new

 

Qualquer problema deve ser solucionado através do contato (e-mail: spapegt2018@gmail.com). 

 

A Programação Completa do evento pode ser conferida, clicando aqui.

 


Nova Edição da Revista Cadernos de Tradução 

 

A Revista Cadernos de Tradução acaba de publicar seu mais recente número.

Convidamos a navegar no sumário da revista para acessar os artigos e outros itens de seu interesse:

 

https://periodicos.ufsc.br/index.php/traducao/issue/view/2537

Capa da nova edição da Revista Cadernos de Tradução

 


Novo Logo da PGET

 

 

Apresentamos o Novo Logo da Pós-Graduação em Estudos da Tradução:

 

 

Logo da PGET

 

 

Logo da PGET

 


Inscrições para Ouvintes do XI SPA PGET

 

 

Estão abertas as inscrições para ouvintes do XI Seminário de Pesquisas em Andamento (SPA).  

O registro poderá ser feito através do link: http://inscricoes.ufsc.br/xi-spa-pget

O evento acontecerá nos dias 17, 18 e 19 de setembro.

 

Atenciosamente, 

Comissão Organizadora do XI SPA PGET.

 


Programação do XI SPA – Seminário de Pesquisas em Andamento PGET

 

Informamos que já está disponível em nosso site a Programação do XI SPA. O evento ocorrerá nos dias 17, 18 e 19 de setembro e as demais informações sobre mesas e horários poderão ser conferidas em: https://representacaodisce.wixsite.com/xi-spa-pget-ufsc/programacao

 

Aproveitamos para divulgar também que já está disponível a circular que trata da submissão de resumos para os discentes que estão em período sanduíche e para os pós-doutorandos, e a circular sobre os casos de ausência na apresentação oral.

Estas podem ser conferidas em: https://representacaodisce.wixsite.com/xi-spa-pget-ufsc/circulares

 

Cordialmente,

Comissão Organizadora do XI SPA PGET.


Aberto o período de inscrições para monitoria do XI SPA PGET

 

Na semana entre 17 e 21 de setembro ocorrerá o XI SPA PGET. Por isso, nós da comissão organizadora, vimos por meio desta mensagem pedir sua colaboração para que compartilhem com os discentes que está aberto o período de inscrições para monitoria. 

 http://inscricoes.ufsc.br/activities/2669/enrolments/new e as inscrições estarão abertas até o dia 31 de agosto de 2018.

Ressaltamos que os monitores receberão certificado para ACC.

 

Atenciosamente,
Comissão Organizadora do XI SPA PGET.

Nota de falecimento – Paulo Kloeppel 

 

É com imenso pesar que comunicamos o falecimento do doutorando Paulo Kloeppel, em razão de um infarto fulminante.
Paulo era uma pessoa extremamente gentil, responsável e competente. Tivemos o prazer de trabalhar com ele em diversas comissões e eventos. Era incansável e estava sempre disposto a ajudar.
A PGET perde um grande parceiro. E todos nós perdemos um grande amigo.

 

O velório será hoje (25/08)  a partir das 22hs, na Capela Vaticano, sala Jade, em Curitiba.
O sepultamento ocorrerá amanhã, às 9hs30, no Cemitério da Água Verde.

“Passo e fico, como o Universo”. Fernando Pessoa.

 

 

Paulo Kloeppel

 


Lançamento do Livro:

Nulla che non possano i versi:

Antologia de poesia italiana entre o Brasil e a Itália

 

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução  divulga o livro Nulla che non possano i versi: Antologia de poesia italiana entre o Brasil e a Itália, organizado pelas professoras Andréia Guerini & Karine Simoni.

Esse e demais lançamentos podem ser conferidos, acessando a imagem Lançamentos de Livros de Docentes e Discentes da PGET,  no menu Lista de Links, ao direito deste site.

 

 

Capa do Livro “Nulla che non possano i versi: Antologia de poesia italiana entre o Brasil e a Itália”

 

 

Organização: Andréia Guerini & Karine Simoni

Editora: Copiart

 

Resumo:

Esta antologia reúne oito poetas brasileiro(a)s, italiano(a)s e suíça/italiana que escreveram algumas de suas poesias em italiano (ou em italiano paródico) e nasce do desejo de preencher uma lacuna no sistema cultural brasileiro e poder disponibilizar ao público de língua portuguesa e também italiana algumas composições dispersas em diferentes obras, inéditas na forma desta antologia. Percorremos um arco temporal de trezentos anos, começando com as poesias de Cláudio Manuel da Costa, passando por Juó Bananére, Murilo Mendes, Marina Colasanti, Julio Monteiro Martins, Vera Lúcia de Oliveira, Marco Lucchesi e Prisca Agustoni. A antologia é formada por 15 poemas de cada autor(a), com exceção de Cláudio Manuel da Costa, representado por 20 poemas, seguida por um ensaio biobliográfico, escrito por diferentes pesquisadore(a)s brasileiro(a)s. 
 A coletânea aqui reportada está no limiar entre diferentes culturas e apresenta autore(a)s multifacetado(a)s, mais e menos conhecido(a)s do cânone literário. Espera-se que seja útil ao(à)s estudioso(a)s de literatura em geral e prazerosa para o(a) leitor(a) não especializado(a), pois como sugere o verso 28 do poema 239 do Canzoniere de Petrarca, não há nada que não podem os versos [Nulla al mondo è che non possano i versi], ou seja, aqui temos a força da poesia em todo o seu esplendor. 

_______________________________________________________________________________________________

BERTHOLD ZILLY, PROFESSOR VISITANTE DA PGET, É ELEITO SÓCIO CORRESPONDENTE DA ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS

Com muita satisfação a PGET parabeniza Berthold Zilly, professor visitante deste Programa desde 2011, por ter sido eleito Sócio Correspondente da Academia Brasileira de Letras. O quadro de Sócios Correspondentes da ABL é formado por 20 membros estrangeiros. Um novo integrante somente é eleito pelos Acadêmicos quando um dos efetivos falece.

Zilly passará a ocupar a cadeira n. 15, que era ocupada pelo norte-americano Claude Lyle Hulet, professor de espanhol e português da Universidade da Califórnia, o, falecido em agosto do ano passado.

Zilly será o sétimo ocupante da cadeira 15, que tem como Patrono Frei Gonçalves Ledo (Brasil). Os demais foram: Dom José Echegaray (Espanha), José Santos Chocano (Peru), Rodolfo Rivarola (Argentina), Ricardo Rojas (Argentina), Miguel Ángel Carcano (Argentina) e Caude L. Hulet (Estados Unidos).

 

Berthold Zilly

 

“Berthold Zilly é um dos mais importantes tradutores da literatura brasileira na Alemanha. Realizou uma obra-prima ao traduzir ‘Os sertões’, de Euclides da Cunha, com intensidade épica. Fez uma tradução delicadíssima e lírica de ‘Memorial de Aires’, de Machado de Assis. E hoje mergulhou em ‘Grande Sertão: Veredas’, de Guimarães Rosa. Li parte de seus inéditos em alemão e asseguro que se trata de um trabalho de rara beleza”, afirmou o Presidente da ABL, Marco Lucchesi, logo após a eleição.

O NOVO SÓCIO CORRESPONDENTE

Berthold Zilly nasceu em 1945, em Danndorf, Norte da Alemanha. É doutor em filologias românicas e germânicas, com tese sobre Molière, pela Freie Universität Berlin, na qual lecionou letras latino-americanas (1974-2010), o que também fez na Universität Bremen (2004-2010). Ministrou cursos intensivos e palestras em universidades latino-americanas, norte-americanas e europeias. Sempre se engajou também na extensão cultural, colaborando intensamente com a difusão da cultura brasileira na Alemanha.

Publicou numerosos artigos, resenhas, ensaios sobre literatura brasileira e argentina, com dois enfoques: literatura – história; literatura comparada – tradução. Levou clássicos da América Latina e de Portugal para o alemão, Civilización y barbárie, de Domingo F. Sarmiento; Os Sertões, de Euclides da Cunha; Memorial de Aires, de Machado de Assis; Triste fim de Policarpo Quaresma, de Lima Barreto; Confissão de Lúcio, de Mário de Sá-Carneiro; Lavoura arcaica, de Raduan Nassar.

Zilly pratica a tradução como parte integrante do ensino e da pesquisa de línguas e literaturas estrangeiras e dos estudos interculturais. Recebeu diversas condecorações no Brasil e na Alemanha, a mais recente em agosto de 2017, na UERJ, o Prêmio Blaise Cendrars, que é outorgado anualmente pela Associação Brasileira de Literatura Comparada (ABRALIC), “como reconhecimento a especialista estrangeiro por sua contribuição ao estudo da literatura brasileira em chave comparada”

http://www.academia.org.br/noticias/tradutor-alemao-berthold-zilly-e-eleito-socio-correspondente-da-abl-na-vaga-do-professor


Profa. Marie-Hélène fala de suas traduções para o francês da obra de Cruz e Sousa no Jornal “Notícias do Dia”Publicado em 19/03/2018 às 18:28 06Mon, 19 Mar 2018 18:28:49 +000049.

Há 120 anos morria Cruz e Sousa, o poeta catarinense que introduziu o movimento simbolista.

_____________________________________________________

Projeto de Internacionalização da PGET Coordenado pela Profa. Andréia Guerini é Aprovado pelo Comitê Gestor da Universidade

17/03/2018 15:45   

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução informa que seu Projeto de Internacionalização intitulado “Tradução, tradição e inovação: uma ponte entre as ciências e as humanidades” foi aprovado pelo Comitê Gestor da UFSC para integrar o Edital Capes/Print – Programa institucional de internacionalização. O projeto, coordenado pela Profa. Andréia Guerini, envolve 9 programas de pós-graduação da UFSC, com 32 participantes e 16 diferentes países, com 36 pesquisadores (as) estrangeiros (as).

 

Os (as) pesquisadores (as) são especialistas nacionais e estrangeiros em Estudos da Tradução, Estudos Linguísticos, Estudos Literários, Estudos da Interpretação, Estudos Antropológicos, Estudos da Adaptação, Estudos de Performance, Relações Internacionais, Educação, Educação Científica e Tecnológica, Engenharia e Gestão do Conhecimento.

 

Alguns dos países envolvidos são: Alemanha,  Austrália, Bélgica, Canadá, China, Estados Unidos, França, Inglaterra, Irlanda, Itália, Peru, Portugal.

 

O projeto irá viabilizar o diálogo mais estreito entre pesquisadores/as (docentes e discentes) de diferentes áreas e países.

 

Para acessar a lista de projetos classificados, clique aqui.

_______________________________________________________________________________________________

PGET no YouTube

 

Prezados (as) discentes,

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução convida a acessarem o Canal no YouTube da PGET em que tem sido disponibilizadas as filmagens dos eventos realizados pelo Programa.

 

Canal no Youtube da PGET

 

O Canal no YouTube da PGET pode ser acessado, clicando aqui.


Resultado da Eleição para Representação Discente 

 

Prezados (as) discentes,

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução informa o Resultado da Eleição para Representação Discente:
Mestrado:

Willian Henrique Cândido Moura  – 13 votos

Emily Arcego – 11 votos

 

Doutorado:

Fernanda Christmann – 22 votos

Paulo Roberto Kloeppel – 12 votos

Sheila Cristina dos Santos – 9 votos

 


Resultado do Edital N°05/PGET/2018 – Atribuição de Bolsas CAPES nos níveis Mestrado e Doutorado 2018.2

Prezados (as),

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução divulga o Resultado do Edital N°05/PGET/2018 – Atribuição de Bolsas CAPES nos níveis Mestrado e Doutorado 2018.2.

O Resultado pode ser conferido, clicando aqui.


Novos Horários de Funcionamento da Secretaria da PGET 

 

Prezados (as) discentes,

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução informa que, a partir desta semana, passará a atender ao público em novos horários.

O Quadro de Horários de Funcionamento da Secretaria pode ser conferido abaixo:

 

Quadro de Horários de Atendimento da Secretaria da PGET

 


Planos de Ensino das Disciplinas PGET

ministradas no Semestre 2018.2

Prezados (as) discentes,

 

Os Planos de Ensino das Disciplinas da PGET ministradas no semestre 2018.2 estão disponíveis na página “Disciplinas do Semestre” ao lado esquerdo do site.

 


Comunicado: Aulas Semestre 2018.2  

 

Prezados (as) discentes,

 

Comunicamos que a disciplina História da Tradução, que será ministrada pela Professora. Drª. Martha Lucía Pulido Correa, ocorrerá na Sala Hassis – CCE/Bloco B – Térreo.

As demais disciplinas serão ministradas na Sala 307 – CCE/Bloco B – 3° andar.

Informamos também que a primeira aula da Disciplina Tradução e Língua de Sinais será no dia 22/08, pois o professor Dr. Carlos Henrique  Rodrigues está em Pós-Doutorado.

 


Divulgação do Resultado das Disciplinas Isoladas 

 

Prezados (as),

 

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução divulga o Resultado das Disciplinas Isoladas.

 

Para conferir o Resultado, clique aqui.

 

Os (as) candidatos (as) aprovados (as) deverão passar na secretaria no primeiro dia de aula para confirmar a matrícula.


Datas Importantes para o Início do Semestre 2018.2

 

Prezados (as) discentes,

Atentem para as seguintes Datas do Início do Semestre 2018.2:

 

09/08/2018:

Aula Inaugural PGET 2018.2 com a Profª. Drª. Albumiţa-Muguraş Constantinescu:   “Sobre a história das traduções em língua romena” 

Local: Auditório Henrique Fontes

Horário: 10h

OBS: Evento Obrigatório para Bolsistas PGET

 

09/08/2018: 

Encontro com os (as) discentes e recepção dos (as) novos (as) discentes PGET (2018/1 e 2018/2) pelos representantes discentes

Local: Auditório Henrique Fontes

Horário: 14h

OBS: Em breve, as pautas serão encaminhadas por e-mail.

 

30/07 a 03/08: 

Matrícula dos (as) discentes que estão ingressando em 2018/2. 

 

30/07 a 03/08:

Período de Inscrição no Processo Seletivo de Bolsas 

Link do Edital: http://ppget.posgrad.ufsc.br/2018/07/23/edital-n05pget2018-atribuicao-de-bolsas-capes-nos-niveis-mestrado-e-doutorado-20182/

 

30/07 a 17/08: 

Ajuste de Disciplinas.

OBS: Formulário n°1  disponível em: http://ppget.posgrad.ufsc.br/secretaria/formularios/ a ser entregue pessoalmente ou por e-mail, sempre com anuência do (a) orientador (a)

 


Edital N°05/PGET/2018 – Atribuição de Bolsas CAPES nos níveis Mestrado e Doutorado 2018/2

 

Prezados (as), 

 

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução informa que está aberto o Edital N°05/PGET/2018 referente à atribuição de Bolsas CAPES para mestrandos (as) e doutorandos (as) PGET no semestre 2018.2.

O Edital pode ser acessado, clicando aqui.

 


Resultado do Processo Seletivo 2018.2 e

Matrícula para alunos/as novos/as

Prezados (as),

 

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução informa o Resultado da Seleção do Processo Seletivo 2018.2.

 

Para acessá-lo, clique aqui.

 

 

A PGET comunica que os/as candidatos/as aprovados/as devem realizar a matrícula presencialmente com os docementos relacionados abaixo.

Aqueles/as que não puderam fazê-lo, por motivo de força maior, devem  enviar toda a documentação on-line para o e-mail da secretaria.

A matrícula ocorrerá na primeira semana de aula (de 30/07 a 03/08).

 

– Carteira de identidade (ou passaporte no caso de estangeiros/as)

–  CPF

–  Certidão de nascimento e ou de casamento 

– Diploma de graduação 

– Histórico escolar da graduação 

– Ficha de inscrição no processo seletivo

 

Atenciosamente,
Comissão de Seleção 2018.2

Encontro com os (as) discentes

e Recepção dos (as) novos (as) discentes PGET

 

Convocamos todos (as) os (as) discentes da Pós-Graduação em Estudos da Tradução para participarem da Reunião coordenada pelos (as) Representantes Discentes que acontecerá no dia 09 de agosto às 13h45min no Auditório Henrique Fontes – Bloco B do CCE.

Além do mais, informamos que ocorrerá uma nova eleição para a Representação Discente, com vigência de um ano a contar da data do resultado. A eleição ocorrerá no dia 09 de agosto, no período das 09h às 12h e das 13h30 às 16h. O resultado estará disponível no site da PGET na sexta-feira, 10 de agosto, até às 12h. Destacamos que todos (as) os (as) discentes (as) da PGET têm direito a votar em um(a) candidato (a) de seu segmento.

Os (as) interessados (as) em se candidatar deverão enviar um e-mail até o dia 03 de agosto, às 17h, para: secpget@gmail.com com os seguintes dados: Nome completo e Nível (mestrado ou doutorado).

Frisamos a obrigatoriedade da participação dos (das) bolsistas, pois serão discutidos assuntos de interesse comum a todos (as).

Reforçamos ainda a obrigatoriedade dos (as) bolsistas estarem participando da Aula Inaugural que acontecerá também no dia 09 de agosto às 10h. 

 

Pautas da reunião:

– Recepção dos(as) novos(as) discentes (as);

– Apresentação do Regimento da PGET;

– Novos informes sobre as bolsas CAPES Excelência;

– Seminário de Pesquisa em Andamento (SPA/PGET);

– Assuntos diversos de interesse dos(as) discentes.

 

Local: Auditório Henrique Fontes

Horário: 14h

OBS: Evento Obrigatório para Bolsistas PGET


EDITAL Nº 06/PGET/2018 – Seleção de alunos (as) para Matrícula em Disciplina Isolada – 2018.2

 

Prezados (as), 

O Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução torna pública a abertura das inscrições para o preenchimento de vagas para alunos/as com “matrícula em disciplinas isoladas”, distribuídas nas disciplinas eletivas dos Cursos Mestrado em Estudos da Tradução ofertadas no semestre 2018.2, em vagas que remanescerem da matrícula dos/as alunos/as regulares do Programa.

 

O Edital pode ser acessado, clicando aqui.

Anexo: clique aqui.

 


Edital N°25/2018 – Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG)

 

Prezados (as),

Estão abertas, até 31 de agosto, as inscrições para o Edital N°25/2018, referente ao Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação (PEC-PG). A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) divulgou nesta quarta-feira, 11, a alteração no calendário publicado anteriormente.

As inscrições são gratuitas e feitas diretamente na página do programa por meio do preenchimento de formulário e envio de documentos, conforme descrito no Edital. Serão concedidas até 100 bolsas de estudos para instituições de ensino superior (IES) brasileiras públicas ou privadas que emitam diplomas de validade nacional, em Programas de Pós-Graduação stricto sensu com nota igual ou superior a três.

Os requisitos para concorrer ao PEC-PG incluem que o candidato tenha cidadania de país em desenvolvimento com o qual o Brasil mantenha acordo ou memorando de entendimento na área de Cooperação Educacional, Cultural ou de Ciência e Tecnologia; não tenha nacionalidade brasileira, ainda que binacional, nem seja filho de brasileiros; não possua visto permanente no Brasil; e tenha curso de graduação ou mestrado completo; além de ser financeiramente responsável pela passagem de vinda para o Brasil e por sua manutenção por no mínimo 60 dias, até o recebimento da primeira mensalidade da bolsa PEC-PG.

Link: http://capes.gov.br/%E2%80%A6/8945-inscricoes-abertas-para-programa%E2%80%A6

 

PEC-PG
O programa é fruto de parceria entre a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), o Ministério das Relações Exteriores (MRE), por intermédio da Divisão de Temas Educacionais (DCE), e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

(Allan César – Brasília – CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘CCS/CAPES’

 


Retificação do Edital nº 053/2018/DDP 

 

Divulgamos a Retificação do Edital nº 053/2018/DDP –  Concurso Público destinado a selecionar candidatos para provimento do cargo de Professor da Carreira do Magistério Superior para o quadro permanente das Unidades Universitárias dos campi de Araranguá, de Blumenau, de Curitibanos e de Florianópolis da Universidade Federal de Santa Catarina.

 

5 – No item 1.4.7.3.3: Onde se lê: Requisitos para provimento no cargo: Título de Doutor em Literatura HispanoAmericana ou Literatura Espanhola ou Literatura ou Teoria Literária ou Literatura Comparada. Leia-se: Requisitos para provimento no cargo: Título de Doutor em Literatura HispanoAmericana ou Literatura Espanhola ou Literatura ou Teoria Literária ou Literatura Comparada ou Estudos da Tradução ou Estudos Culturais. 

6  – No item 1.4.7.3.4: Onde se lê: Requisitos para provimento no cargo: Título de Doutor em Letras Espanhol ou Linguística. Leia-se: Requisitos para provimento no cargo: Título de Doutor em Letras Espanhol ou Linguística ou Estudos da Tradução 

 


Matrículas PGET 2018.2 – 09 e 10 de Julho 

 

 

Prezados (as) discentes,

Lembramos que o período de matrículas para o semestre 2018.2 ocorre nos dias 09 e 10 de julho.
O pedido de matrícula pode ser efetuado, acessando o site do CAPG.

 


Prorrogação do prazo para envio de resumos XI SPA PGET e outros informes

 

Prezados (as) colegas,

Nós da Comissão Organizadora do XI SPA PGET 2018 viemos por meio deste comunicado passar alguns informes com relação ao evento:

 

Primeiramente:
Informamos que devido à solicitações de alguns docentes para que orientandos e coorientandos de outras universidades pudessem participar do SPA optamos excepcionalmente por prorrogar a data de envio dos resumos para o dia 09 de julho de 2018. Deste modo, para aqueles que ainda não enviaram seus resumos, pedimos que o façam até esta nova data. Não haverá nova prorrogação.

 

Segundo:
Salientamos aos discentes do DINTER PGET que sua participação do XI SPA não é obrigatória. Portanto, aqueles que desejam participar poderão enviar seus resumos até a data supracitada.

 

Por fim:
Informamos aos discentes que sairão para doutorado sanduíche no semestre 2018.2 que o envio de  resumos para o XI SPA PGET é facultativo. Com relação a estes discentes, maiores informações sobre os procedimentos de participação no SPA serão passadas posteriormente. 

 

Solicitamos que fiquem atentos aos prazos e consultem o site do XI SPA PGET para maiores informações: https://representacaodisce.wixsite.com/xi-spa-pget-ufsc/inicio

Atenciosamente,
Comissão Organizadora do XI SPA PGET.

 


Resultado da Prova de Proficiência – Processo Seletivo PGET 2018.2 

 

Prezados (as),

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução divulga o Resultado da Prova de Proficiência do Processo Seletivo 2018.2.

Para acessá-lo, clique aqui.

Lembramos que até o dia 17/07 ocorre o Período de análise do projeto, do currículo, do memorial e a definição do (a) orientador (a) sobre o período de arguição.

 


Prova de Proficiência – Processo Seletivo PGET 2018.2 

 

ATENÇÃO:

Lembramos que a Prova de Proficiência do Processo Seletivo PGET 2018.2 acontecerá no dia 20 de junho, às 8h30min, na sala 321 – CCE/Bloco B – 3° andar.

Solicitamos que os (as) candidato (as) cheguem ao local da prova com 5 minutos de antecedência.

Atenciosamente,

Comissão de Seleção.

 


Resultado da Homologação das inscrições – Processo seletivo 2018.2

 

Prezados (as),

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução torna público o Resultado da Homologação das Inscrições do Processo Seletivo 2018.2.

O Resultado pode ser conferido, clicando aqui.

 


PGET no Instagram

 

A PGET está agora no Instagram com o perfil: pgetufsc
Linkhttps://www.instagram.com/pgetufsc/?hl=pt-br

 

Perfil da PGET no Instagram

 


Comunicado: Banca de Políticas de Ações Afirmativas do Processo Seletivo 2018.2 

 

Apenas para candidatos (as)  autodeclarados (as) negros (as)

Prezados (as) candidatos (as) autodeclarados (as) negros (as):

Informamos que a banca de Políticas de Ações Afirmativas do processo seletivo 2018.2 acontecerá no dia 18 de junho, segunda-feira, às 11h00min na sala da PGET (sala 301 Bloco B CCE)

Todos (as) os(as) candidatos (as) que se autodeclararam negros/as deverão comparecer à banca.

Atenciosamente,

Comissão de Seleção.

 


XI SPA PGET – Submissão de Resumos até o dia 29/06

 

Prezados (as) discentes,

O XI Seminário de Pesquisas em Andamento (SPA) da Pós-Graduação em Estudos da Tradução ocorrerá entre 17 e 21 de setembro de 2018.

O prazo de submissão de resumo, individual, para comunicação oral dos (as) pesquisadores (as) de mestrado e doutorado está aberto até 29 de junho.

Lembramos que a apresentação e a participação de bolsistas são obrigatórias no evento e os não bolsistas são opcionais.

Para mais informações, acesse o site: https://representacaodisce.wixsite.com/xi-spa-pget-ufsc/inicio

 


Últimos lançamentos de Livros de Docentes e Discentes da PGET

 

Apresentamos os últimos lançamentos de livros de Docentes e Discentes da PGET: 

 

Ágata de Florianópolis

Capa do livro “Ágata de Florianópolis: Segundo Ágata de Medellin de Jacques Jouet”

 

Tradutores: Angelica Micoanski Thomazine, Antônia Elizângela de Morais Gehin, Beatrice de Távora, Cassiano Teixeira de Freitas Fagundes, Cleonice Marisa de Brito Naedzold de Souza, Francinaldo de Souza Lima, Mariane Oliveira Caetano, Marina Piovesan Gonçalves, Martha Lucía Pulido Correa, Mary Anne Warken Sobottka, Virgínia Castro Boggio

Editora: Clipart

 Resumo

Ágata de Florianópolis é uma tradução oulipiana. Para elaborá-la, o grupo imitou o processo levado em conta pelo próprio autor, Jacques Jouet, no momento da criação/tradução de Ágata de Medellín, em 2011. A primeira versão da criação/tradução Ágata de Medellín foi elaborada em quatro jornadas de 8 horas cada uma. A primeira versão da tradução/criação de Ágata de Florianópolis foi elaborada em cinco jornadas de 6 horas cada uma. À medida que o grupo avançava na tradução, enviava o resultado ao autor. Terminadas as cinco jornadas, seguiram várias semanas de revisão. Para justificar a denominação de tradução oulipiana, o grupo leva em conta as obras literárias produzidas pelos escritores que fazem parte de OULIPO (Ouvroire de littérature potentielle) [Oficina de literatura potencial], e que seguem um método que cada autor estabelece para cada obra particular. Em Ágata de Florianópolis, o grupo se valeu do método explicado acima, implementando assim, um método oulipiano aplicado à tradução. Em Ágata de Beyrouth (2009), o método oulipiano utilizado por Jacques Jouet consistiu em uma performance pública, (à maneira de Ágata de Medellín). Zeina Abirached trabalhou lado a lado com Jacques Jouet durante 3 jornadas de 8 horas cada. Jacques Jouet escrevia, Zeina Abirached ilustrava: uma tradução oulipianaintersemiótica.

 

 

 

Clássicos da Teoria da Tradução – Volume 2: Antologia Bilíngue Francês-Português (2ª ed. revisada e ampliada) – 2018

Capa do livro “Clássicos da Teoria da Tradução”

 

Organização: Marie-Hélène Catherine Torres Narceli Piucco, Gilles Abes, Cláudia Borges de Fáveri.

Editora: Clipart

 Resumo

Esta 2ª Edição de Clássicos da Teoria da Tradução – Antologia Bilíngue Francês-Português vem dar continuidade ao projeto de publicação de importantes textos que versam sobre a prática da tradução através dos tempos. Optou-se por uma apresentação diacrônica dos textos, o que também pode revelar ao leitor a evolução do pensamento e das práticas teorizadas pelos autores em períodos determinados:

 

Renascimento

A maneira de bem traduzir de uma língua para outra de Dolet, e Defesa e ilustração da língua francesa de Du Bellay.

 

Século XVII

Regras da tradução ou meios para aprender a traduzir de latim em francês baseadas em algumas das melhores traduções da atualidade de Gaspard de Tende; Carta de Nicolas Perrot d’Ablancourt, endereçada ao conselheiro e primeiro secretário do rei, Valentin Conrart ; Prefácio de Anne Dacier a sua tradução, em prosa, do grego ao francês, de Les Poésies d’Anacréon et de Sappho.

 

Século das Luzes

Antoine Arnauld, Regras para distinguir as boas e más críticas das traduções da Santa Escritura em francês, no que concerne à língua ; Jean le Rond d’Alembert, Observações sobre a arte de traduzir em geral e sobre este ensaio de tradução em particular; Charles Batteux, Princípios da literatura ; Prefácio de Saint-Simon ao Ensaio sobre o homem de Pope ; e dois verbetes da Enciclopédia : “Tradução, versão” da Enciclopédia” de Nicolas Beauzée e “Tradução” – Suplemento da Enciclopédia.” De Jean-François Marmontel.

 

Século XIX

Do espírito das traduções de Mme de Stäel; prólogo à tradução das Obras de Shakespeare de Victor Hugo; e dois textos de Marcel Schwob: Prefácio a uma tradução de Catulo em versos marotianos e Da arte de traduzir.

 

Século XX

Variations sur les Bucoliques de Virgile de Paul Valéry.

 

 

 

No Trânsito da Vida

Capa do livro “No Trânsito da Vida”

 

Autor: Yéo N’Gana 

 Resumo

No Trânsito da vida a vida tem uma vida. Desde a infância passando pela velhice até a pós-vida, ela é uma poesia. Seus versos – cujas ondulações ora aceleradas e velozes, ora mais calmas e lentas – levam o leitor por labirínticas paisagens interiores formulando perguntas que abrem caminhos que servem como sinais à busca de uma saída individual segura. No horizonte onde se adivinham respostas universais, a luz diminui ante as dúvidas existenciais. As palavras, cintilantes, surgem doces como a embriagada infantilidade do jazz. O leitor transita entre pensamentos guiados pelo eu lírico através do olhar do outro para resultar num olhar outro sobre si e sobre os outros. Se ‘a melhor poesia é a natureza’. O que é então a vida? É um sonho? Torto ou lento? É uma rocha? Ou uma caixa incolor?

 

No Trânsito da vida tece reflexões sobre a própria poesia, sobre o escrever, o criar, o viver, a problemática do existir, a aparência e o tédio dos tempos atuais.

 

 

Palavra de Tradutor

Capa do livro “Palavra de Tradutor”

 

Organização: Márcia A. P. Martins e  Andréia Guerini 

Editora: EdUFSC

 Resumo

Este livro, como o título indica, reúne reflexões acerca de concepções de tradução e do fazer tradutório a partir do ponto de vista de diferentes tradutores brasileiros. São reflexões não sistematizadas, produzidas em momentos históricos diferentes, que cobrem um arco temporal de mais de duzentos anos, começando no final do século XVIII e se estendendo até os nossos dias. São paratextos e metatextos escritos por tradutores, homens e mulheres, que emolduram abordagens de gêneros textuais diversos: do texto técnico-científico ao de ficção, passando pela épica, pela literatura infantojuvenil, pela poesia e pelo drama. O livro, em formato bilíngue, foi pensado para ampliar e difundir entre a comunidade acadêmica nacional e internacional um conjunto de textos originalmente encontrados em volumes que nem sempre ressaltam a importância teórica desses escritos. 

 

 

Popol Vuh

Capa do livro “Popolvuh”

 

Organização: Gordon Brotherston e Sérgio Medeiros

Editora: Iluminuras

 Resumo

Esta reedição de uma das cosmogonias mais importantes do Novo Mundo, conhecida como Popol Vuh (Livro do Conselho), apresenta o texto original do século XVI, em maia-quiché, tal como era falado e escrito nas montanhas da Guatemala, e sua tradução integral para o português (tomou-se como referência o original e a tradução para o inglês de Munro Edmonson, considerada a mais inovadora  de todas). Diferentemente de outras edições para o inglês, o espanhol e outras línguas, que apresentam um  texto simplificado em prosa, a presente versão recupera os dísticos originais, oferecendo ao leitor de língua portuguesa toda a riqueza imagética e sonora deste poema épico que narra a vida na Mesoamérica, desde a criação do mundo até os primeiros contatos com os conquistadores espanhóis.
Reunindo uma vasta gama de conhecimentos nativos, o poema relata, em mais de 8 000 versos, a atuação dos deuses, a formação da Terra, a evolução das espécies e a criação do homem de milho, configurando-se ao mesmo tempo como literatura e como documento, ao reivindicar, perante as autoridades espanholas, a quem o poema parece endereçar-se inicialmente, a posse das terras mesoamericanas descritas no texto. Desse modo, é extremamente lúcida a visão de mundo que o poema encerra, vendo com olhos críticos a chegada do outro. Porém, essa questão não esgota o texto, que explora em profundidade as várias etapas por que passou, do tempo mítico ao tempo histórico, a cultura maia, considerada, no seu apogeu, uma das mais sofisticadas que o mundo antigo já conheceu.
A matemática, a biologia, as artes, todo o saber indígena está presente no Popol Vuh, que oferece ao leitor um amplo painel de uma sociedade ameríndia cuja riqueza imagética, filosófica e poética surpreende até hoje.
 Acompanhada de um vocabulário que traz um guia de pronúncia das palavras em maia-quiché, além de ensaios sobre o poema e sua repercussão política e cultural no  mundo e na América Latina em especial, esta reedição é um convite para o leitor brasileiro imergir na “Bíblia” ameríndia, como este épico é também conhecido.

 

 

Tradução Literária: projetos e práticas do tradutor

Capa do livro “Tradução Literária: projetos e práticas do tradutor”

 

Organização: Andréa Cesco, Gilles Jean Abes e Juliana Cristina Faggion Bergmann

Editora: Rafael Copetti Editor

Resumo

Este livro reúne um conjunto de oito textos expondo reflexões sobre tradução literária, focando os projetos e práticas dos tradutores. É o resultado de trabalhos apresentados durante o “II Colóquio de Tradução Literária: projetos e práticas do tradutor”, evento realizado no auditório Henrique da Silva Fontes, no Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), no dia 31 de maio de 2016, em Florianópolis. O evento foi organizado por um grupo de pesquisadores dos estudos da tradução da UFSC, Andréa Cesco (PGET), Gilles Abes (PGET) e Juliana Cristina Faggion Bergmann (MEN).

 


Livro “Palavra de Tradutor: Reflexões sobre Tradução por Tradutores Brasileiros” 

 

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução divulga o Livro “Palavra de Tradutor: Reflexões sobre Tradução por Tradutores Brasileiros”, organizado por Andréia Guerini e Márcia A. P. Martins, publicado pela EdUFSC.

 

Capa do Livro: “Palavra de Tradutor: Reflexões sobre Tradução por Tradutores Brasileiros”

 

Este livro, como o título indica, reúne reflexões acerca de concepções de tradução e do fazer tradutório a partir do ponto de vista de diferentes tradutores brasileiros. São reflexões não sistematizadas, produzidas em momentos históricos diferentes, que cobrem um arco temporal de mais de duzentos anos, começando no final do século XVIII e se estendendo até os nossos dias. São paratextos e metatextos escritos por tradutores, homens e mulheres, que emolduram abordagens de gêneros textuais diversos: do texto técnico-científico ao de ficção, passando pela épica, pela literatura infantojuvenil, pela poesia e pelo drama. O livro, em formato bilíngue, foi pensado para ampliar e difundir entre a comunidade acadêmica nacional e internacional um conjunto de textos originalmente encontrados em volumes que nem sempre ressaltam a importância teórica desses escritos. 

 


A PGET retoma as atividades a partir de segunda-feira, dia 4 de junho, conforme a seguinte deliberação da Administração Central da UFSC:

 

A Administração Central da Universidade Federal de Santa Catarina, considerando as informações que apontam para um processo de reabastecimento e retorno gradual da normalidade, informa que, a partir de segunda feira, dia 04 de junho, serão retomadas as aulas na UFSC, suspensas desde a última segunda feira, dia 28 de maio.

No caso particular dos Restaurantes Universitários, ainda há condições especiais que podem provocar ajustes no fornecimento de alimentação, o que implica, se for o caso, em retorno ainda parcial de alguns serviços.

Orienta-se as Unidades Administrativas e Acadêmicas para o gerenciamento de possíveis particularidades e situações de excepcionalidade, recomendando ainda prudência na retomada das atividades, sobretudo em questões que estão relacionadas à presença e cobrança de trabalhos e avaliações.

Reitera-se que as circunstâncias continuam sob constante monitoramento e que qualquer alteração será objeto de novas avaliações com imediata divulgação das informações à comunidade universitária e à sociedade.

Florianópolis, 01 de junho de 2018.

 

Fonte: http://noticias.ufsc.br/2018/06/administracao-central-informa-sobre-retorno-das-aulas-na-segunda-feira-dia-4/

 


URGENTE:

AULAS SUSPENSAS ATÉ QUARTA-FEIRA 30/05

 

Prezados (as), discentes:

 

Abaixo, o Comunicado Oficial da UFSC em relação à suspensão das aulas em todos os níveis:

 

Comunicado oficial à comunidade universitária e à sociedade

 


URGENTE:

UFSC CANCELA AS AULAS NESTA SEGUNDA-FEIRA 28/05

 

Diante deste momento atípico pelo qual passa o país, a PGET decide suspender as atividades até novo aviso.

Contamos com a compreensão de todos (as).

 

“Após ouvir os diretores de centros e pró-reitores, o reitor Ubaldo Cesar Balthazar decidiu pelo cancelamento temporário das aulas de graduação, pós-graduação, ensino médio e fundamental da UFSC nesta segunda-feira. O funcionamento dos demais serviços da universidade dependerá de uma avaliação que será tirada na reunião de emergência nesta segunda, 28, às 8h30, na Sala dos Conselhos.

 

Na reunião serão avaliados os efeitos da paralisação e as condições de continuidade ou não do funcionamento da instituição, em função do movimento de paralisação dos caminhoneiros e das repercussões nos serviços públicos e no abastecimento. Para o encontro, foram convocados Diretores de centros, pró-reitores e secretários”.

 

http://noticias.ufsc.br/…/reitor-convoca-reuniao-de-emerge…/

 


RETIFICAÇÃO II do Edital de Seleção

para Mestrado e Doutorado PGET 2018.2

 

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução informa que foi publicada a Retificação II do Edital de Seleção para Mestrandos (as) e Doutorandos (as) para o semestre 2018.2.

Lembramos que o período de inscrição ocorre entre 14h00min de 09 de maio de 2018 e 23h59min de 07 de junho de 2018.

Retificação do Edital pode ser conferida no menu SECRETARIA PGET, à esquerda deste site, no link: Processos Seletivos >> 2018.2.

 


RETIFICAÇÃO Edital de Seleção

para Mestrado e Doutorado PGET 2018.2

 

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução informa que foi publicada a Retificação do Edital de Seleção para Mestrandos (as) e Doutorandos (as) para o semestre 2018.2.

Lembramos que o período de inscrição ocorre entre 14h00min de 09 de maio de 2018 e 23h59min de 07 de junho de 2018.

A Retificação do Edital pode ser conferida no menu SECRETARIA PGETà esquerda deste site, no link: Processos Seletivos >> 2018.2.

 


Aberto Edital de Seleção

para Mestrado e Doutorado PGET 2018.2

 

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução informa que está aberto o Edital de Seleção para Mestrandos (as) e Doutorandos (as) para o semestre 2018.2entre 14h00min de 09 de maio de 2018 e 23h59min de 07 de junho de 2018.

O Edital pode ser conferido no menu SECRETARIA PGET, à esquerda deste site, no link: Processos Seletivos >> 2018.2.

A Versão em Inglês pode ser conferida clicando aqui

 


Poeta da Costa do Marfim lança livro de poemas

na Fundação Cultural BADESC

 

A Fundação Cultural Badesc promove na quinta-feira, 3 de maio, às 19h, o lançamento do livro No Trânsito da Vida, de Yéo N’gana. A obra apresenta reflexões sobre o viver, a problemática do existir, a aparência e o tédio dos tempos atuais.

Antes do lançamento, às 17h, haverá conversa com o autor. A atividade será mediada pela professora e doutora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Marie-Hélène Torres.

No Trânsito da Vida, de Yéo N’gana, obra de 72 páginas pode ser encontrada na versão impressa (R$ 30) ou digital, no Kindle (R$ 22).

No Trânsito da Vida – Livro de Yéo N’gana

 

No Trânsito da Vida é o primeiro livro de Yéo N’gana. Formado em Letras Português pela Universidade Félix Houphouët-Boigny, na Costa do Marfim, o autor veio morar no Brasil em 2015 para aperfeiçoar o Português e desde então, vem traduzindo literatura francesa de seu País. Além de poeta, tradutor e intérprete de conferências, é também coeditor da Acácia, revista de tradução, e doutorando do programa de pós-graduação em Estudos de Tradução (UFSC).

Serviço

O que: Lançamento do livro No Trânsito da Vida, de Yéo N’gana
Quando: 3 de maio, quinta-feira, às 19h. Roda de conversa, às 17h com o autor.
Local: Fundação Cultural Badesc – Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis – telefone: (48) 3224-8846
Entrada gratuita. Valor da obra R$ 30.

 


Lista dos Discentes Contemplados com a Bolsa Doutorado Sanduíche – CAPES e homologados pela PROPG

 

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução informa os nomes dos discentes contemplados com Bolsa Doutorado Sanduíche – CAPES e homologados pela PROPG/UFSC:

 

Clarissa Prado Marini
Diego Napoleão Viana Azevedo
Leide Daiane de Almeida de Oliveira
Margot Cristina Müller

 


Berthold Zilly, professor visitante da PGET, é eleito Sócio Correspondente da Academia Brasileira de Letras

 

Com muita satisfação a PGET parabeniza Berthold Zilly, professor visitante deste Programa desde 2011, por ter sido eleito Sócio Correspondente da Academia Brasileira de LetrasO quadro de Sócios Correspondentes da ABL é formado por 20 membros estrangeiros. Um novo integrante somente é eleito pelos Acadêmicos quando um dos efetivos falece.

Zilly passará a ocupar a cadeira n. 15, que era ocupada pelo norte-americano Claude Lyle Hulet, professor de espanhol e português da Universidade da Califórnia, o, falecido em agosto do ano passado.

Zilly será o sétimo ocupante da cadeira 15, que tem como Patrono Frei Gonçalves Ledo (Brasil). Os demais foram: Dom José Echegaray (Espanha), José Santos Chocano (Peru), Rodolfo Rivarola (Argentina), Ricardo Rojas (Argentina), Miguel Ángel Carcano (Argentina) e Caude L. Hulet (Estados Unidos).

“Berthold Zilly é um dos mais importantes tradutores da literatura brasileira na Alemanha. Realizou uma obra-prima ao traduzir ‘Os sertões’, de Euclides da Cunha, com intensidade épica. Fez uma tradução delicadíssima e lírica de ‘Memorial de Aires’, de Machado de Assis. E hoje mergulhou em ‘Grande Sertão: Veredas’, de Guimarães Rosa. Li parte de seus inéditos em alemão e asseguro que se trata de um trabalho de rara beleza”, afirmou o Presidente da ABL, Marco Lucchesi, logo após a eleição.

O NOVO SÓCIO CORRESPONDENTE

Berthold Zilly nasceu em 1945, em Danndorf, Norte da Alemanha. É doutor em filologias românicas e germânicas, com tese sobre Molière, pela Freie Universität Berlin, na qual lecionou letras latino-americanas (1974-2010), o que também fez na Universität Bremen (2004-2010). Ministrou cursos intensivos e palestras em universidades latino-americanas, norte-americanas e europeias. Sempre se engajou também na extensão cultural, colaborando intensamente com a difusão da cultura brasileira na Alemanha.

Publicou numerosos artigos, resenhas, ensaios sobre literatura brasileira e argentina, com dois enfoques: literatura – história; literatura comparada – tradução. Levou clássicos da América Latina e de Portugal para o alemão, Civilización y barbárie, de Domingo F. Sarmiento; Os Sertões, de Euclides da Cunha; Memorial de Aires, de Machado de Assis; Triste fim de Policarpo Quaresma, de Lima Barreto; Confissão de Lúcio, de Mário de Sá-Carneiro; Lavoura arcaica, de Raduan Nassar.

Zilly pratica a tradução como parte integrante do ensino e da pesquisa de línguas e literaturas estrangeiras e dos estudos interculturais. Recebeu diversas condecorações no Brasil e na Alemanha, a mais recente em agosto de 2017, na UERJ, o Prêmio Blaise Cendrars, que é outorgado anualmente pela Associação Brasileira de Literatura Comparada (ABRALIC), “como reconhecimento a especialista estrangeiro por sua contribuição ao estudo da literatura brasileira em chave comparada”

http://www.academia.org.br/noticias/tradutor-alemao-berthold-zilly-e-eleito-socio-correspondente-da-abl-na-vaga-do-professor


CAPES divulga chamada do Programa de Apoio a Eventos

 

Prezados (as) discentes,

Estão abertas as inscrições para o Edital nº 9/2018 do Programa de Apoio a Eventos no País (PAEP), que seleciona propostas para apoio financeiro à realização de eventos científicos, tecnológicos e culturais de curta duração no Brasil, com envolvimento de pesquisadores (as), docentes e discentes dos programas de pós-graduação.

O Edital atenderá os eventos do segundo semestre de 2018, que tenham data de início no período entre 1º de agosto e 31 de janeiro de 2019. As inscrições inciaram em 2 de abril e vão até o dia 11 de maio.

Informações no site: https://www.capes.gov.br/…/8813-capes-divulga-chamada-do-pr…


Edital – Programa de Apoio à Pesquisa na Biblioteca Nacional 2018

 

Prezados (as) discentes,

Informamos que foi publicado o Edital da Biblioteca Nacional para Seleção de Pesquisadores para Concessão de bolsas que visa incentivar a produção de trabalhos originais, desenvolvidos a partir de pesquisas no acervo da Fundação Biblioteca Nacional, em qualquer uma de suas áreas. Serão concedidas bolsas de pesquisa a doutores, com desembolso mensal, por um período de 1 (um) ano para pesquisadores brasileiros, natos ou naturalizados, ou estrangeiros com residência e visto permanentes no Brasil.

O Edital e demais informações podem ser conferidas, acessando a seguinte página: https://bn.gov.br/edital/2018/edital-programa-apoio-pesquisa-biblioteca-nacional-2018


E-book do X Seminário de Pesquisas em Andamento – SPA PGET

 

Prezados (as) discentes,

Informamos que está disponível o E-book do X Seminário de Pesquisas em Andamento (SPA), promovido pela PGET em 2017.

O E-book pode ser conferido no menu esquerdo deste site em “Eventos”, na página “Seminário de Pesquisas em Andamento (SPA)”.

 


Profa. Marie-Hélene fala de suas traduções para o francês da obra de Cruz e Sousa no Jornal “Notícias do Dia”

Há 120 anos morria Cruz e Sousa, o poeta catarinense que introduziu o movimento simbolista.

Cruz e Sousa

No jornal “Notícias do Dia”, a Profa. Marie-Hélène Torres falou das traduções que tem realizado para o francês da obra de Cruz e Sousa.

A reportagem está disponível no seguinte endereço eletrônico:

https://ndonline.com.br/florianopolis/plural/ha-120-anos-morria-cruz-e-sousa-o-catarinense-que-introduziu-o-movimento-simbolista


Projeto de Internacionalização da PGET

aprovado pelo Comitê Gestor da UFSC

 

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução informa que seu Projeto de Internacionalização intitulado “Tradução, tradição e inovação: uma ponte entre as ciências e as humanidades” foi aprovado pelo Comitê Gestor da UFSC para integrar o Edital Capes/Print – Programa institucional de internacionalização. O projeto, coordenado pela Profa. Andréia Guerini, envolve 9 programas de pós-graduação da UFSC, com 32 participantes e 16 diferentes países, com 36 pesquisadores (as) estrangeiros (as).

Os (as) pesquisadores (as) são especialistas nacionais e estrangeiros em Estudos da Tradução, Estudos Linguísticos, Estudos Literários, Estudos da Interpretação, Estudos Antropológicos, Estudos da Adaptação, Estudos de Performance, Relações Internacionais, Educação, Educação Científica e Tecnológica, Engenharia e Gestão do Conhecimento.

Alguns dos países envolvidos são: Alemanha,  Austrália, Bélgica, Canadá, China, Estados Unidos, França, Inglaterra, Irlanda, Itália, Peru, Portugal.

O projeto irá viabilizar o diálogo mais estreito entre pesquisadores/as (docentes e discentes) de diferentes áreas e países.

Para acessar a lista de projetos classificados, clique aqui.


Portaria Normativa 1/2018/PROPG – Entrega de Dissertações e Teses na BU/UFSC

Prezados (as) discentes,

A Pós-Graduação em Estudos da Tradução, atendendo à solicitação da Pró-Reitoria de Pós-Graduação (PROPG), repassa as orientações quanto aos novos procedimentos a serem adotados para a entrega de teses e dissertações na Biblioteca Universitária (BU).

As orientações podem ser acessadas clicando aqui.

Lembramos que, antes de ser entregue a versão impressa na Biblioteca Universitária, é necessário enviar para o e-mail da PGET (secpget@gmail.com) os seguintes arquivos para o cadastramento no Sistema:

  • Versão completa da tese ou dissertação em PDF;
  • Resumo contendo título e palavras-chave. 

Convocação Assembleia Geral Ordinária dos Discentes da PGET

 

Pautas:

1) apresentação do programa para os novos alunos;
2) apresentação Programa de Excelência da CAPES (PROEX);
3) apresentação do novo regimento interno da PGET;
4) relatório de manutenção de bolsas;
5) SPA;
6) espaço para questionamentos dos alunos.

Onde: Auditório Henrique Fontes – Térreo – Bloco B do CCE.

Data: 12 de março de 2018

Horário: 13h30

Atenciosamente,
A Representação discente.


FAPERGS Lança Edital para Fixação de Doutores no Estado

 

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul – FAPERGS lançou o Programa de Bolsas de Fixação de Doutores- DOCFIX, em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES, para a concessão de bolsas de pós-doutorado a pesquisadores vinculados a Programas de Pós-graduação (PPGs) stricto sensu recomendados pela CAPES.

O objetivo é promover a permanência de doutores na atuação em projetos de pesquisa e desenvolvimento científico, tecnológico ou de inovação nos PPGs de instituições de ensino superior ou instituições científicas, tecnológicas e de inovação (ICTs).
Com um investimento de mais de R$ 10 milhões, este edital pretende conceder até 70 bolsas de pós-doutorado, com duração máxima de 24 meses, com valor mensal unitário de R$ 4.100 reais, que serão pagos pela CAPES.

Maiores informações no site: http://fapergs.rs.gov.br/fapergs-lanca-edital-para-fixacao-…

 


NOVO REGIMENTO DA PGET

 

Prezados (as) discentes,

Informamos que o Presidente da Câmera de Pós-Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina, Hugo Moreira Soares, aprovou o Novo Regimento da PGET – 2018.

O Regimento está disponível no site da PGET pelo acesso: A PGET >> Regimentos.

Para mais informações, acesse o link: http://ppget.posgrad.ufsc.br/a-pget-2/regimentos/

 


Edital N° 47/2017 – Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior 2017/2018 da CAPES

Prezado(a)s aluno(a)s de doutorado,

A Capes lançou o edital do PSDE (Bolsa sanduíche exterior). Os alunos interessados em concorrer devem enviar a documentação solicitada pela Capes no edital que se encontra abaixo até o dia 29 de janeiro de 2018 para o e-mail da secretaria da PGET – secpget@gmail.com

A PGET irá constituir a comissão avaliadora que irá analisar a documentação, atribuindo uma pontuação para o projeto e outra para o Lattes, que deve estar atualizado. A nota final será a média dos dois itens avaliados e vencerá o que tiver a média mais alta.

Edital PSDE CAPES: http://www.capes.gov.br/…/programa-de-doutorado-sanduiche-n…

 

 


Professor da PGET vence Prêmio Literário da Biblioteca Nacional 2017 na categoria poesia

 

O professor Dr. Sérgio Medeiros da Pós-graduação em Estudos da Tradução (PPGET) e do Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLV) venceu o Prêmio Alphonsus de Guimaraens com os poemas de ‘A Idolatria Poética ou a Febre de Imagens’ (Iluminuras).

 

 

O anúncio dos vencedores do Prêmio Literário Biblioteca Nacional 2017 foi realizado na noite desta segunda-feira, 27 de novembro, em cerimônia de premiação na sede da Biblioteca Nacional, no Rio de Janeiro. Essa foi a 24ª edição do prêmio, em que concorreram 890 obras, sendo 194 na categoria poesia.


PGET – CONCEITO 6 NA AVALIAÇÃO QUADRIENAL DA CAPES

 

Na avaliação quadrienal da Capes, que acabou de ser divulgada, o Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução da UFSC passou de nota 5 para nota 6. Uma conquista de todos os professores, alunos e funcionários.

 

Avaliação – CAPES


ELEIÇÃO PARA SUBCOORDENADOR (A) DA PGET

 

O Diretor do CCE convoca os docentes da PGET para elegerem o(a) Subcoordenador(a) do Programa, para mandado no período de 11 de outubro de 2017 a 31 de agosto de 2019.

Data: 10 de outubro de 2017

Horário: das 8:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:00

Local: Secretaria da PGET – sala 301 – bloco B – CCE

As inscrições dos candidatos serão realizadas na Secretaria da PGET – sala 301/Bloco B/CCE até o dia 05 de outubro de 2017, das 8:00 às 12:00 e das 13:00 às 17:00.

 

Edital 19 2017 eleição sub PGET


DIA DO TRADUTOR – ENTREVISTA COM A PROFESSORA MARIE-HÉLÈNE

 

Dia do Tradutor: Entrevista com a profa. Marie-Hélène.
Jornal Notícias do Dia, 30 de setembro, de 2017


 

Professor visitante na Pós-Graduação de Estudos da Tradução (PGET) da UFSC  recebeu prêmio Blaise Cendrars no XV Congresso Internacional da ABRALIC 2017 

 

Foto: Marília Cabral

 

Berthold Zilly, ex-professor da Freie Universität Berlin e da Universidade de Bremen, e atualmente professor visitante na PGET da UFSC, foi agraciado com o Prêmio Blaise Cendrars da Associação Brasileira de Literatura Comparada (ABRALIC) durante seu XV Congresso Internacional, realizado nos dias 7-11 de agosto de 2017, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).

A cerimônia de entrega do prêmio realizou-se no dia 10 de agosto de 2017 no teatro Odylo Costa Filho da UERJ, com laudatio do Prof. Johannes Kretschmer. Em seu discurso de agradecimento, o premiado se mostrou emocionado com a homenagem, enfatizando o papel decisivo da cultura brasileira assim como dos estudos literários e tradutórios deste país, para sua própria formação como intelectual e como pessoa humana. Mostrou-se grato e feliz por ter oportunidade de dedicar-se, desde há várias décadas, como pesquisador, professor e tradutor, ao estudo da literatura brasileira e latino-americana, e ao diálogo cultural entre o Brasil e a Alemanha.

O Prêmio Blaise Cendrars é outorgado pela ABRALIC anualmente, desde 2016, como reconhecimento a especialista estrangeiro por sua contribuição ao estudo da literatura brasileira em chave comparada. O agraciado em 2016 foi o Prof. Pierre Rivas, da Sorbonne, Paris.

O nome do prêmio remete a Blaise Cendrars (1887-1961), grande poeta e escritor de vanguarda suíço-francês, viajante cosmopolita, conhecedor e admirador do Brasil, amigo dos modernistas, e importante promotor do intercâmbio cultural franco-brasileiro.

Berthold Zilly estudou filologias românica e germânica em Bonn, Caen, São Paulo, Berlim. Doutorado sobre Molière, FU Berlin (1976). Ensinou estudos latino-americanos na FU Berlin 1974-2010, de 2004-2010 também na Universität Bremen. 1978-1980 “Lektor” de língua e literatura alemã em Fortaleza. Desde 2011 professor visitante na UFSC (PGET), Florianópolis. Publicações sobre literaturas brasileira e argentina, com enfoque na relação literatura – história; análise de texto – tradução. Traduções para o alemão, p.e.: Os Sertões de E. da Cunha, Triste fim de Policarpo Quaresma de Lima Barreto, Memorial de Aires de Machado de Assis, Lavoura arcaica de Raduan Nassar. Prêmio Wieland de Tradução (Alemanha, 1995), Ordem “Cruzeiro do Sul” (Brasil, 2001); Prêmio Martius-Staden (Brasil, 2012).